Ventennale del Monumento all'Emigrante mantovano Stampa
Valutazione attuale: / 2
ScarsoOttimo 

Queridos amigos mantovanos,
Com prazer comunico-lhes que foi uma honra participar das comemorações de aniversário da Emigração Italiana, realizadas no mês de setembro, na província de Mantova. No dia 10 de setembro, em Poggio Rusco, cidade natal de meu avô Cherubino Boselli, tive a felicidade de abrir com um concerto, os festejos de aniversário pelos "20 anos do Monumento ao Emigrante", da cidade de Magnacavallo, capital moral da emigração italiana. Com a presença dos prefeitos de Poggio Rusco e cidades vizinhas, bem como do Sr. Fabio Zacchi, Diretor Cultural da Prefeitura de Poggio Rusco e outras autoridades, após o concerto, fui agraciada com uma peça belíssima de porcelana com dedicatória do Prefeito da cidade e belíssimas flores. Foi uma alegria conhecer pessoalmente os amigos mantovanos presentes, residentes no Brasil, cujo contato tem sido feito através da Internet.
As comemorações foram coroadas de êxito graças ao empenho de amigos como o Dr. Elio Benatti, Luigi Guidorzi, Daniele Marconcini, Presidente da Associazione Mantovani nel Mondo, com o apoio dos Prefeitos das cidades de Magnacavallo, Poggio Rusco, San Giacomo delle Segnate e outras autoridades civís e religiosas, que prestigiaram todas as manifestações programadas. Em Felonica foi feita visita ao Museu da 2a. Guerra Mundial do Rio Pó, no dia 11, com explicações em italiano e traduzidas em português pelo caro amigo Luigi Guidorzi. Em Sermide, houve um concerto do Coral Città di Ala, com a presença de brasileiros descendentes de mantovanos e radicados em nosso país. No dia 12, foi realizada a Abertura do Museu do Emigrante, na Praça Marconi, com a bonita Exposição de Pintura de Célia Regina Gandini, paulista residente na Itália, dando uma conotação artística ao evento de Magnacavallo, onde foi inaugurado um Monumento em homenagem aos Emigrantes Italianos, pela família Zaparolli, uma das pioneiras da região, O mesmo se encontra ao lado do já existente Monumento ao Emigrante, inaugurado em setembro de 1990.
Entre outras saudações, tive a honra de dirigir a palavra aos presentes como Presidente da Associazione Culturale dei Mantovani in Brasile, lembrando a importância do Dr. Henrique Walter Pinotti, responsável maior pela existência do festejado Monumento ao Emigrante. Tive a oportunidade de participar das comemorações do 60o. Aniversário do Soroptimist International da Itália, ONG da qual sou voluntária há 20 anos; o evento foi realizado no dia 18 de setembro na histórica e sofrida cidade de L´Aquila. Foi um encontro memorável que reuniu aproximadamente 500 soroptimistas de toda Itália, sob o título " Os desafios do século XXI". Foi um momento de grande emoção, pois em abri! de 2009, dei um recital de piano no CIEE em São Paulo pelas vítimas do terremoto de L´Aquila. Em L´Aquila, cidade que me emocionou profundamente, o concerto foi organizado por pianistas e professores interessados em conhecer a música brasileira; efetuei também um Master Class para 15 excelentes estudantes do Conservatório.
Os concertos de Rimini, San Marino e Ferrara, fizeram parte das programações soroptimistas dessas cidades, em benefício de uma missionária ferraresa que atua na África, em pesquisas científicas e em prol dos profissionais da saúde, em especial cardiologistas. Fui entrevistada pelas TVs de Ferrara e L´Aquila.Sentí-me gratificada representando a Associazione Culturale dei Mantovani in Brasile e divulgando a música brasileira e internacional.O público mostrou-se efusivo em aplausos e flores para minha grande alegria e emoção. Com carinho, envio meu abraço e auguri.
Eny da Rocha
Presidente da ACMB